quinta-feira, 31 de março de 2011

Política de acesso à Internet na THEBE

No dia 29 de março, a THEBE começou a analisar as configurações do servidor de acesso MetaSys. A proposta é personalizar o servidor às necessidades do PROUCA-THEBE.

Num primeiro momento observou-se que o servidor possui todas as configurações necessárias de acesso à rede interna (serviço samba) e possui um webadmin (web administrador) de onde é possível, de maneira bem simples, criar regras de acesso dos uquinhas à internet.

Em comum acordo foi decido bloquear o acesso das Redes Sociais. Portanto, o servidor via uma configuração simples bloqueou as seguintes redes:

orkut.com.br
facebook.com
twitter.com
youtube.com e
messenger

O youtube foi bloqueado em função da velocidade da internet, pois quando um aluno acessa o youtube praticamente o acesso da internet fica extremamente lento.

O servidor possui algumas opções de bloqueios como: por domínio, por site, por expressões e por Mime Types, este último muito interessante pois oferece um leque de opções como por exemplo restringir o download de arquivos avi, jpg, doc, mpeg, etc. Isto ajuda muito quando o assunto é banda de internet. Porém o bloqueio por “mime” pode ocasionar bloqueios de sites de bancos, webmail tipo do terra, etc.



Imagem: Página exibida quando aluno faz um acesso não autorizado

Somos cientes da necessidade de conscientização dos alunos, quanto ao acesso as redes sociais. Porém neste primeiro vamos bloquear e iniciar o trabalho de conscientização. O acesso a tais sites será liberado de acordo com a proposta pedagógica dos professores. Esperamos que em breve, possamos liberar o acesso e que os alunos saibam efetivamente utilizar as redes sociais com responsabilidade.

Neste dia também disponibilizamos aos professores o serviço de acesso ao servidor, onde o professor pode colocar uma determinada atividade e os alunos via acesso ao servidor tem disponibilidade deste arquivo para desenvolverem seus trabalhos, atividades e provas. Porém observamos que eles estavam utilizando o messenger para solicitar aos colegas as respostas de provas e atividades, e é esta responsabilidade que nos referimos acima.

Vale apena pontuar a aula de Inglês proposta hoje pela professora Bruna, onde todos os alunos acessaram o servidor, realizaram as atividades propostas pela professora e em seguida a professora pode conferir com relatórios a realização das atividades. Boas iniciativas como esta, estão surgindo a partir da troca de experiências com toda equipe pedagógica da escola.

(Texto de autoria de Alcino Cesar, professor multiplicador do PROUCA da THEBE)

sexta-feira, 25 de março de 2011

Alunos da THEBE recebem o uquinha para levar para casa

Sexta-feira última (22/03), foi um dia marcado pela ansiedade, alegria, entusiasmo e encantamento dos alunos da E.E.F. Padre Theodoro Becker. O motivo foi que, finalmente cada aluno recebeu seu uquinha e a partir daquele momento poderia levar para casa. O Governo Municipal de Brusque, por meio da Secretaria Municipal de Educação, em comum acordo com a comunidade escolar Pe. Theodor Becker, decidiu que todos os alunos deveriam levar o uquinha para casa, e assim potencializar uso do equipamento pela família, ou seja, ajudar na inclusão digital da mesma.

Foram entregues 444 uquinhas mediante a assinatura do Termo de Responsabilidade pelos pais (ou responsáveis ) dos alunos


Foto: Profº Cesar, de Educação Física, auxiliando os alunos do 3º ano A.

Os alunos monitores auxiliaram ativamente neste processo de entrega, onde era necessário checar o nome do aluno, o Termo de Responsabilidade, etc.

Foto: Aluno monitor entregando o uquinha para aluno do Infantil II ( 3 anos de idade )

Após a entrega começamos a perceber mudanças positivas na postura dos alunos. O clima era de trocas de informações, parceria, os que entendem mais, ajudando os que demonstram inseguranças com os uquinhas.


Foto: Parceria e trocas de informações entre os alunos


Temos certeza que com todo esse entusiasmo faremos um bom trabalho pedagógico.

Foto: Professora Suzana (Arte) e a aluna Tamires.

>> Clique aqui para ver mais fotos.

(Texto de autoria de Alcino Cesar, professor multiplicador do ProUCA da Thebe)

quinta-feira, 24 de março de 2011

Pais da THEBE assinam do Termo de Responsabilidade do Uquinha

Conforme estratégia definida anteriormente com a equipe pedagógica da THEBE aconteceu no dia 21 de março de 2011, às 19h, a reunião com os pais dos alunos da Educação Infantil a 8ª série. Além de apresentar a organização dos trabalhos pedagógicos para 2011, tivemos nessa reunião esclarecimentos sobre o PROUCA e posteriormente a assinatura pelos pais do termo de responsabilidade.
Foto: Kener, aluno monitor auxiliando os pais.

Para ajudar na organização dos trabalhos, designamos um aluno monitor por sala, para auxiliarem os professores. A partir do dia 22/03 será feita a entrega.


Foto: Pedagoga Carolina conversa com os pais da Educação infantil

Cerca de 200 pais/responsaveis vieram a reunião, das 250 famílias que a escola possui. A ideia deu tão certo, que pensamos para 2012 repetir o Termo de responsabilidade – 2012. Pois desta forma conseguimos trazer uma grande quantidade de pais para as reuniões por ano/série.


(Texto de autoria de Alcino Cesar - professor multiplicador do ProUCA da Thebe)

Entrega Simbólica dos Uquinhas na Escola de Jaraguá do Sul

Foto: Os pais e alunos comparecem ao ato de entrega simbólica dos uquinhas - 16/03/2011

Segundo informações enviadas, via e-mail, pela coordenadora do Núcleo de Tecnologia Municipal (NTM) de Jaraguá do Sul e professora multiplicadora do ProUCA na E.E. Fundamental Waldemar Schmitz, Célia Reichert Engelmann, no dia 16 de março de 2011, aconteceu a entrega simbólica dos netbooks doados pelo MEC (Uquinhas) para os alunos e professores.

O evento contou com a presença de 235 pais de alunos. A professora Célia aproveitou a oportunidade para explicar o que é o Programa Um Computador por Aluno (ProUCA) e sobre o Termo de Compromisso que será assinado pelos pais ou responsáveis do alunos no ato da entrega do computador.

Segundo a profa. Célia o encontro foi ótimo e "tenho certeza que temos total apoio da comunidade".

A Equipe de Formadores do PROUCA/SC deseja sucesso a toda a comunidade escolar Waldemar Schmitz e que o uquinha seja uma ferramenta pedagógica que ajude os professores e alunos a construir um novo paradigma educacional.

Foto: 235 pais comparecem na Escola Waldemar Schmitz

quarta-feira, 23 de março de 2011

Colégio de Aplicação começa a migração do Ubuntu

Foto: O Diretor Geral do CA, Romeu, ajudando no processo de migração do Ubuntu

Hoje, 23 de março de 2011, feriado na cidade de Florianópolis, que completa 285 anos de existência, o Colégio de Aplicação (CA) da UFSC, deu a largada no processo de migração do Sistema Operacional Metasys para o Ubuntu (versão 10.10) nos Classmates (carinhosamente chamado de uquinha pelos alunos e professores). O diretor geral do CA, Prof. Romeu Augusto de Albuquerque Bezerra, recebeu a profa. Edla Ramos e os membros da Equipe de Formadores e Pesquisadores do ProUCA/CA formada pelas professoras Verônica e Patrícia, o professores Ederson e Rogério S. Pedroso e os professores-motivadores dos Espaço Pedagógico Informatizado (ESPIN) de Brusque Gedimar Pereira (E.E.F Pe. Theodoro Becker) e Bruno (E.E.F. Rio Branco) .
Foto: Profª. Edla e sua Equipe começando o trabalho de migração nos uquinhas do CA

O processo de migração foi comandado pelo prof. Ederson (nosso Mestre Jedi Digital). A primeira etapa foi formatar 25 pendrives fornecidos pelo CA, que serão usados para instalar o Ubuntu nos 1.000 netbooks dos alunos e professores. Esse processo foi realizado pelos professores Ederson, Rogério, Gedimar e Bruno. Assim que os primeiros pendrives ficaram prontos, o diretor Romeu, as professores Edla, Verônica e Patrícia iniciaram o processo de troca do Sistema Operacional Metasys pelo Ubuntu (10.10). Segundo as professoras Verônicas e Patrícia o processo de instalação do Ubuntu, no Classmate, é muito fácil e rápido, leva apenas 20 minutos para ser instalado. Isso foi possível graças ao trabalho técnico do prof. Ederson que criou um único arquivo (.img), customizado do Ubuntu para facilitar ao máximo o processo de instalação. Qualquer professor ou aluno do Colégio de Aplicação poderá executar o processo.

Foto: O "Mestre Jedi Ederson" ensinando os discípulos Gedimar (à esq.) e Bruno.

Hoje foram instalados o Ubuntu em 25 classmates. O prof. Romeu, diretor geral do CA, disse que irá desenvolver as seguintes estratégias de migração do Ubuntu:
- para os uquinhas dos alunos das séries finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio será feita pelos próprios alunos em sala de aula, orientados por um professor;
- para os uquinhas das crianças de Educação Infantil e das séries iniciais do Ensino Fundamental será feita por professore e alunos voluntários do CA.

A profa. Edla aproveitou o momento para conversar com a equipe do ProUCA sobre a Formação dos Professores Multiplicadores do ProUCA de Santa Catarina, e sobre a reformas nos conteúdos e nas salas virtuais que serão criadas na plataforma E-Proinfo.

A Profa. Edla agradeceu a todos e de modo especial aos professores motivadores Gedimar e Bruno, que vieram de Brusque ajudar no processo de migração. Agora que a instalação do UBUNTU está mais simplificada, o processo de migração pode ser deslanchado nos mais de 1000 computadores do Colégio de Aplicação. A Equipe do ProUCA/SC, coloca-se à disposição do Diretor Geral (Romeu) para auxiliar a comunidade escolar no que for necessário e deseja sucesso no processo de migração.

>> Clique aqui para ver mais fotos.

terça-feira, 22 de março de 2011

Desabilitando serviços para deixar a inicialização do UbuntUCA mais rápida

Essa dica serve para deixar não só o boot da máquina, mas também a inicialização do UbuntUCA mais rápida.

Trata-se de desabilitar serviços desnecessários, que sempre arrancam junto com o sistema.

Para isso vá em >Sistema>Preferência>Aplicativos de Sessão.

Abrirá uma lista de aplicativos para serem marcados e desmarcados. São os aplicativos que iniciam junto com o sistema. Eis algumas sugestões de aplicativos que podem ser desmarcados para que não iniciem junto com o sistema:

Assistência Visual
Gerenciador de Bluetooth
Gnome Sound Login
Miniaplicativo da fila de impressão
Notificador de alarme do Evolution
Notificador de Atualizações
Verificar por novos drivers

Desabilitando esses serviços, já se consegue, uma boa melhora na inicialização do UbuntUCA.

Abraço e até a próxima

Como configurar o Cheese para gravar vídeos com áudio no UbuntUCA

Sem dúvida a possibilidade de gravar vídeos nos classmates do Pro-UCA, é um grande diferencial que pode marcar o trabalho com as novas tecnologias na educação.

No UbuntUCA, o programa usado para gravar vídeos é o Cheese. Mas pode ser que ele não grave vídeos logo de primeira. É bem provável que ele tire fotos normalmente, mas na hora de gravar vídeos, pode ser que ele trave. Porém, com algumas configurações muito simples, pode-se deixá-lo prontinho para gravar vídeos com áudio.


Configurando a webcam

1º Abra o Cheese em >Multimídia>Cheese.

2º Com o Cheese aberto, clique em >Editar>Preferências. Abrirá uma janela com as seguintes opções:


3º Clique em “Resolução”, você verá uma lista de opções para a resolução da sua câmera, escolha uma resolução menor e tente gravar novamente. Caso o Cheese trave, escolha uma resolução menor ainda.

Com a resolução 320x240, ele já deverá gravar vídeos normalmente. Pode ser que quando começar a gravar, ele trave durante os 10 primeiros segundos. Mas logo depois ele irá normalizar a gravação que continuará normalmente.

Faça um teste e verifique se o Cheese já está gravando com o áudio. Caso ainda não esteja, também é muito simples de resolver esse problema.


Configurando o áudio no Cheese

Para configurar o áudio no Cheese, você deverá usar um programa chamado PavuControl. Caso você tenha optado por instalar o UbuntUCA que disponibilizamos para download, o PavuControl já deverá estar instalado. Caso contrário, você precisará instalar o PavuControl.

sudo apt-get install pavucontrol

Assim que estiver com o PavuControl instalado, você poderá abri-lo em >Multimídia>Controle de Volume do PulseAudio.


Clique na aba >Dispositivos de entrada. Você verá dois controles deslizantes, que deverão estar paralelos um ao outro.

Para que você possa gravar vídeos com aúdio, ou simplesmente gravar áudio no UbuntUCA, você precisa deixar o controle debaixo no máximo e o controle de cima, no mínimo. Caso, ao arrastar um dos controles, os dois se moverem junto, clique no cadeado que fica no canto superior direito dos controles, para destravá-los.

Com essas configurações bastante simples, você já poderá fazer a festa com a webcam do seu Classmate.

Devemos lembrar que, como essa é uma configuração que deve ser feita após a instalação do sistema, pode ser que seja um tanto trabalhoso para o Professor Multiplicador configurar laptop por laptop. Portanto, uma solução interessante é ensinar os professores de sala de aula a fazer essas pequenas configurações, de modo que cada professor possa ajudar na configuração dos laptops da sua própria turma. Com turmas maiores, os próprios alunos podem fazer esse procedimento, com a ajuda do professor de sala de aula.

Até a próxima

Abraço

Traduzindo o Firefox do UbuntUCA para o Português Brasileiro

O Firefox do UbuntUCA não vem traduzido para o Português Brasileiro, pois não foi possível instalar a tradução no momento da customização. Mas, pode-se traduzir o Firefox com poucos cliques.

Abra o Firefox, e clique lá em cima, na sua barra de menus, em Help (ajuda), e logo em seguida em About Mozilla Firefox (Sobre o Firefox).

Abrirá uma janela lhe informando a versão do Firefox que está instalada.
Verifique qual é a versão que ele apresenta. Provavelmente será a versão 3.5.x. Caso seja a versão 3.5, você deverá clicar no seguinte link:


Mas caso, a versão do Firefox seja a versão 3.6, você deverá clicar no link abaixo:


Após clicar no link correspondente, abrirá uma janela semelhante à seguinte:


Você deverá esperar 5 segundos e logo em seguida, clicar em Install Now (Instalar Agora).

Agora é só esperar que o instalador irá fazer o download do tradutor e instalá-lo automaticamente para você.

Depois de completada a instalação, você precisará reiniciar o Firefox para que o mesmo passe sua interface para o Português Brasileiro.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Planejamento de Ações do PROUCA é Discutido em Reunião Pedagógica na THEBE

Aconteceu na 5ª feira, 17/03 a primeira reunião pedagógica da Thebe. Na ocasião o professor multiplicador do PROUCA teve um espaço para que fosse conversado sobre as estratégias de entrega dos laptops aos pais, formação dos alunos monitores e formação de professores entre outros.

Algumas sugestões foram apresentadas e serão organizadas pelo professor multiplicador durante o ano letivo. A formação dos professores acontecerá uma vez por mês e como solicitação dos professores, teremos a seguinte pauta para esta 1ª formação interna do PROUCA:

- Navegabilidade e reconhecimento dos programas do Netbuntu – remix

- Dúvidas e diferenças do pacote BROFFICE ( write, calc e impress )

- Gravar som ( montagem de uma rádio ).

- Gravar atividades em arquivo no servidor para os alunos acessarem.

- Troca de experiência.

Durante a reunião os professores fizeram comentários positivos em relação a migração para o Netbuntu Remix.

Ficou decidido em reunião que a primeira formação oferecida pelo professor multiplicador para os docentes da escola será no dia 12 de abril de 2011.

O professor multiplicador também sugeriu formação individual aos professores nas suas horas atividades, o que foi muito bem aceita pela equipe. Será elaborada uma agenda para melhor atendimento.

Foto: Reunião dos professores da THEBE com o professor multiplicador do PROUCA

(Texto e foto de autoria de Alcino Cesar - professor multiplicador do PROUCA da Thebe)

sexta-feira, 18 de março de 2011

Reunião Geral dos Alunos Monitores de 2011.

Foto: Equipe de Alunos Monitores – 2011

No dia 16 de março, aconteceu a primeira reunião oficial dos alunos Monitores do PROUCA da E.E.F. Padre Theodoro Becker. O interesse em formar alunos monitores nasceu da necessidade de termos um número maior de multiplicadores e colaboradores, para suprir algumas necessidades básicas do PROUCA. Neste encontro participaram os monitores selecionados em 2010, assim como os novos monitores que aceitaram o desafio para esse ano.

No total são 26 monitores que estão muito entusiasmado para começarem os seus trabalhos. É importante ressaltar que ao se tornar monitor, o aluno receberá uma formação com certificação. Alguns critérios foram estabelecidos para que o aluno interessado possa se tornar um monitor:

1)Ter um bom desempenho escolar. Será feito um levantamento constante sobre o desempenho dos alunos entre equipe docente e o professor multiplicador;

2)Ter disponibilidade de auxiliar os professores no contra-turno;

3)Participar ativamente das formações promovidas pela escola.

Nessa primeira etapa os alunos monitores receberão uma formação de 100 horas, com certificação da Secretaria Municipal de Ensino de Brusque. A proposta de formação será:

1.Linux NetUbuntu – 16 horas
2.OpenOffice – write – 12 horas
3.OpenOffice – calc – 12 horas
4.OpenOffice – impress – 12 horas
5.Voluntariado – 48 horas

Serão 16 alunos disponíveis no período matutino e 10 alunos no período vespertino.

Relação Monitores 2011

1.Adrieli Calixto da Silva - 7ªA
2.Amanda Schaaat - 7ªA
3.Barbara M. Veiga - 7ªA
4.Carlos Henrique - 8ªA
5.Caroline Dutra Vieira - 8ªB
6.Danrley Yuri Silva - 7ªB
7.Eduardo Westphal - 7ªB
8.Elaine Aparecida Correa - 7ªA
9.Emanueli F. S. Dos Santos - 8ªB
10.Evelyn H. Oliveira - 7ªA
11.Gabriel A. Schmid - 7ªA
12.Gabriel Todt - 6ªB
13.Giovanna Georgiah Pedrini Silva - 7ªA
14.Jan Pierre de Paiva - 7ªB
15.Jean Carlos Lopes de Souza - 6ªB
16.Jefferson Luiz Zimmermam - 7ªA
17.Jefferson W. Correa - 7ª B
18.Jessica B. Marcos - 7ªA
19.Jonathan Teskhe - 7ªA
20.Kener Roger de Carvalho - 8ªA
21.Lucayan Guerreiro - 6ªA
22.Luis H. Bononomi - 8ªA
23.Osmar Crepas Neto - 7ªB
24.Patrick Willian - 7ªB
25.Talia Gonsalves da Silva - 7ªA
26.Willian Rainut - 8ªA


Desde já, queremos dar as boas vindas aos novos monitores e desejar que tenhamos um ano de muito aprendizado.

(Texto de autoria de Alcino Cesar - professor multiplicador do PROUCA da Thebe)

Conheça o site do ESPIN e participe do nosso Fórum


Olá

Gostaríamos de noticiar o lançamento do novo site oficial do ESPIN (Espaço Pedagógico Informatizado). O ESPIN é um projeto cujo objetivo é a inclusão digital na cidade de Brusque.

O site do ESPIN foi criado com a ideia de permitir a interação de todos os professores motivadores e multiplicadores de Brusque e até mesmo de outras cidades.

Lá você poderá encontrar informações, ajuda e orientações sobre as Novas Tecnologias na Educação.

Participe do nosso fórum, você pode fazer perguntas, respondê-las, pode publicar artigos, dicas e tutoriais que poderão ajudar muitas pessoas que estejam precisando de ajuda. É o local certo para você, professor multiplicador manter contato com uma comunidade de profissionais da educação e da tecnologia, que buscam o crescimento através do compartilhamento de ideias, de saberes... Lá você poderá sanar muitas das suas dúvidas e aprender bastante.

Nosso objetivo é compartilhar nosso conhecimento e nossas experiências além de aprender com quem estiver disposto a compartilhar conosco. Cadastre-se e faça parte da nossa comunidade.

Como customizar uma imagem ISO do Ubuntu e criar o seu próprio Ubuntuca

O Ubuntu é um excelente sistema operacional, e como a maioria distribuições Linux mais populares, possui a filosofia de trazer em sua instalação padrão, muitas das ferramentas que um usuário final usará em seu dia a dia.

Mesmo assim, o Ubuntu ainda não possui em seu CD, muitos aplicativos que são indispensáveis para o uso cotidiano, talvez o maior exemplo disso, seja a falta de codecs multimídia.

De qualquer forma, em um ambiente educativo, necessita-se de uma leva de softwares, que caso não sejam instalados de imediato na instalação padrão do sistema, precisão ser instalados posteriormente. A questão é que fazer a migração dos classmates para o Ubuntu, e só depois personalizá-los, isto é, instalar, desinstalar programas etc... tornará esse processo lento demais e excessivamente trabalhoso. Além disso, o problema não está só no momento da migração, sabemos que de 300, 400, 500 laptops, é inevitável que de vez em quando, algum deles precisem ser formatados e seu sistema reinstalado. A ideia de que 500 laptops funcionem um ano inteiro sem dar nenhum problema em nenhum deles, é inconcebível.

Com base nisso, acreditamos que possuir uma imagem ISO do Ubuntu que já instale o sistema com tudo o que você precisa, de uma só vez, é algo com um enorme valor prático.

Como vocês já devem saber, aqui em Brusque, nós criamos o UbuntUCA, que na verdade é só uma imagem ISO do Ubuntu customizada de acordo com as nossas necessidades. O UbuntUCA já traz o sistema em português, traz todo o tipo de codecs para execução de multimídia, traz alguns jogos educativos à mais, além de não possuir alguns programas que julgamos desnecessários. Nós disponibilizamos o nosso Ubuntuca para download, visando facilitar as coisas para outras escolas que também tenham decidido fazer a migração.

Porém, a nossa maior filosofia não é dar o peixe e sim ensinar a pescar. Um dos nossos objetivos é compartilhar o máximo do nosso conhecimento e das nossas descobertas com quem quer que queira aprender.

Pensando nisso, trazemos neste post, um tutorial que lhe mostrará as ferramentas e os processos necessários para que você possa construir seu próprio UbuntUCA.

Nós usamos uma ferramenta chamada UCK (Ubuntu Customization Kit), instalada em uma máquina com o Ubuntu 10.04. A imagem ISO customizada, foi uma imagem do Ubuntu Netbook Remix 9.10.

Não testamos esse procedimento no Linux Educacional e nem no Windows, portanto, só podemos assegurar o sucesso do mesmo, através do Ubuntu.

Primeiros procedimentos:

Instalando o UCK

O UCK se encontra nos repositórios oficiais do Ubuntu, logo, ele pode ser facilmente instalado. Pode-se fazer isso através do Terminal com o comando:

sudo apt-get install uck

Pode-se também, instalar o UCK através da Central de Programas ou do Synaptic.

Usando o UCK.

1º Para usar o UCK, você precisa ter uma imagem ISO do Ubuntu guardada em seu HD, 5 GB de espaço livre e uma conexão com a Internet. Você pode abir o UCK através do Menu de Aplicativos do Ubuntu, em >Ferramentas de sistema> Ubuntu Customization Kit.

Quando você o abrir, ele mostrará um Terminal, junto com a seguinte tela:


2º No próximo passo, você deverá escolher o idioma da sua customização. Escolha a opção “pt”.


3º Agora escolha qual a variação do Português que será usada. No nosso caso, é o “pt_BR”, ou seja o Português Brasileiro.


4º Escolha novamente “pt_BR”.


5º Escolha a interface gráfica que será usada no seu Ubuntu, é recomendável escolher a opção “gnome”.


6º Agora você deverá procurar e escolher a imagem ISO do Ubuntu que você tem guardada em seu HD. Quando a encontrar, clique sobre ela e logo em seguida em OK.


7º Escolha o nome com o qual a sua customização será “batizada”.


8º O UCK lhe perguntará se você deseja customizar a imagem ISO manualmente, escolha a opção “yes”.


9º A próxima pergunta é se você deseja excluir os arquivos referentes ao sistema operacional Windows. Recomendo que escolha a opção “no”.


10º Pode clicar em fechar.


11º Abrirá um Terminal lhe pedindo a sua senha de segurança. Digite-a.


Agora o processo de descompactação da imagem ISO se iniciará:



12º O próximo passo é muito importante. Você tem a oportunidade de abrir um Terminal ou o Gerenciador de pacotes Synaptic, para fazer as alterações que você quiser. Se você escolher a primeira opção “Run package manager”, o Synaptic abrirá. Se você escolher a segunda opção “Run console application”, será aberto um Terminal.



A partir de agora, você tem total liberdade para fazer muitas alterações no sistema, à seu gosto. Mas, caso você não tenha tanta experiência com o Synaptic e com o Terminal, continue seguindo este tutorial, que abaixo eu lhe passo algumas dicas do que você pode fazer. Porém é importante que você aprimore os seus conhecimentos para poder explorar esse software em toda a sua potencialidade.

13º Vamos começar abrindo um Terminal. Escolha a segunda opção:


14º Digite o seguinte comando:

add-apt-repository "deb http://archive.canonical.com/ DISTRO partner"


Atente-se ao fato de que, no lugar de DISTRO, você deverá colocar o codinome da versão do Ubuntu que você está customizando. Sendo que:


Ubuntu 8.04 > Hardy Heron

Ubuntu 8.10 > Intrepid Ibex

Ubuntu 9.04 > Jaunty Jackalope

Ubuntu 9.10 > Karmic Koala

Ubuntu 10.04 > Lucid Lynx

Ubuntu 10.10 > Maverick Meerkat


Como neste tutorial estou cutmomizando uma imagem ISO do Ubuntu 9.10 (Karmic Koala), o comando que eu devo usar será o seguinte:

add-apt-repository "deb http://archive.canonical.com/ karmic partner"


Adapte o comando de acordo com a versão do Ubuntu que você está customizando.


15º Agora rode o comando:

apt-get update


16º O próximo passo é abrir o Synaptic, então feche o Terminal, e escolha a opção “Run package manager”.


17º Clique em Settings (opções) > Repositories (repositórios).



18º Habilite as quatro primeiras opções, e em “Download from”, escolha a opção “Servidor Principal”.

19º Clique em Close (Fechar). Então lhe aparecerá uma mensagem lhe avisando que os repositórios foram alterados.


Clique em Close.


20º Logo em seguida, atualize os repositórios clicando em “Reload” (recarregar).

21º Quando a atualização dos repositórios acabar, você já poderá instalar e desinstalar vários programas do seu Ubuntu, através do próprio Synaptic.

Caso tenha alguma dúvida sobre como utilizar o Synatpic, confira o seguinte artigo: http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Gerenciamento-de-programas-no-Ubuntu-atraves-do-Synaptic?pagina=2


22º Mas você não precisa ficar restrito ao uso do Terminal e do Synaptic. Você pode chamar vários outros programas. Para isso, você deve abrir o Terminal e chamar esses programas pelo seus nomes. Ex: Se você quer abrir a Central de Programas do Ubuntu, digite, no Terminal, o comando:

software-center



Na verdade, com a Central de Programas, o Synaptic e o Terminal, você já poderá fazer todas as instalações e remoções de programas que você quiser.

23º Quando você fizer todas as alterações que quiser, escolha a opção “Continue building”. Mais alguns processos ocorrerão, e você pode acompanhá-los através do Terminal. Não feche o Terminal sem que todos os processos tenham completado.

24º Quando o UCK completar todos os processos, ele guardará a imagem ISO customizada dentro da sua pasta pessoal, no diretório /tmp/remaster-new-files. Dentro deste diretórios, terá um arquivo chamado “livecd.iso”, este arquivo é a imagem ISO com todas as alterações que você fez.


Até a próxima.

quinta-feira, 17 de março de 2011

As melhores estratégias para configurar os pendrives bootáveis com o Ubuntu ou o UbuntUCA.

No tutorial que postamos sobre a preparação dos pendrives para torná-los botáveis (http://pro-uca-sc.blogspot.com/2011/03/tutorial-sobre-migracao-dos-laptops-do.html). Nós indicamos dois programas que podem ser usados: o Unetbootin e o USB Creator.

Aqui em Brusque nós utilizamos o USB Creator, instalado em uma máquina com o Ubuntu 10.04, para gerar o boots nos pendrives. É claro que existem várias maneiras de se chegar ao mesmo resultado, mas por enquanto, pudemos comprovar a eficácia, apenas deste procedimento que citamos.

Sabemos que a maioria das escolas de SC possuem laboratórios de informática com o Linux Educacional instalado. Pode ser que também seja possível chegar ao mesmo resultado através dele. Mas o LE não traz nenhum desses dois programas instalados, nem mesmo disponíveis em seus repositórios para a instalação. O que dificulta muito as coisas.

Outra solução que parece viável é instalar o Unetbootin em uma máquina com o sistema operacional Windows. Porém já recebemos relatos que, por esse procedimento, os pendrives não funcionam muito bem.

Partindo desses dados. Acreditamos que a melhor maneira de gerar esses pendrives bootáveis é usando o USB Creator que vem instalado no Ubuntu. Assim, existem duas estratégias que cada escola pode adotar:

1ª Instalar o Ubuntu em uma de suas máquinas e usar apenas essa máquina para configurar os pendrives. Caso essa alternativa seja a eleita, devemos lembrar que não é necessário remover o atual sistema da máquina (como por exemplo o Linux Educacional) para instalar o Ubuntu, pois pode-se instalá-lo em dual boot com o outro sistema e escolher entre eles na inicialização da máquina.

2ª Caso não queira instalar o Ubuntu em nenhuma máquina do Proinfo. Pode-se ainda rodar o Ubuntu em modo LiveCD, ou seja, pode-se usar o Ubuntu diretamente do CD, sem a necessidade de instalá-lo diretamente no HD. Assim, arranca-se a máquina pelo LiveCD do Ubuntu, configura-se os pendrives e após, isso pode-se desligar a máquina, retirar o CD e voltar a arrancar pelo sistema instalado, sem que esse procedimento gere nenhum dano ao sistema nativo do computador.

Dessas duas alternativas, ainda recomendamos, muito mais a primeira delas. Pois cada pendrive, pode instalar o Netbuntu, com sucesso, entre 5 e 6 vezes aproximadamente. Após isso, é necessário, formatá-lo e reconfigurá-lo com o USB Creator.

Gostaríamos de dizer aos professores multiplicadores que agora não é hora de ter medo ou receio. É fundamental que, caso a sua escola decida por fazer a migração, que você abrace essa ideia, e esteja disposto a fazer o que for preciso para chegarmos aos resultados almejados.

Não se esqueça, que se você se juntar a nós nessa empreitada, não lhe faltará apoio. Se as orientações através do blog do Pro-UCA não forem suficientes, podemos, dependendo da necessidade, da demanda e das solicitações, até mesmo prestar assistência, formação e suporte técnico e pedagógico PRESENCIAIS, voltados especificamente para as suas necessidades e dificuldades.

Mas para que isso seja possível, precismos ter a certeza de que estamos lidando com pessoas corajosas, que apesar de muitas vezes terem determinada limitações, estejam dispostas a superar os desafios e passar por cima das dificuldades que vem aparecendo, e que com certeza aparecerão, aos montes.

Pedimos a compreensão de todos por não podermos atualizar as informações do blog com uma frequência maior. Apesar da nossa enorme vontade de ajudar, também temos nossas limitações e a principal delas é o tempo excessivamente escasso.

Até o próximo post.

terça-feira, 15 de março de 2011

Na reta final da migração do UbuntUCA em Brusque

Após 3 semanas de trabalhos exaustivos, estamos na reta final na migração do sistema operacional Metasys para o Netbuntu – Remix (UbuntUCA). Nesta semana (até 16/03) estaremos concluindo os trabalhos com as turmas da Educação Infantil e Pré-escolar. Instalamos 483 máquinas. UFA!!!

Valeu! Foram muitos esforços de várias pessoas, em especial de nossos monitores que vieram em massa nos ajudar dia após dia.

No dia 16/03, no período noturno teremos a Assembleia Geral com os pais, na qual informaremos como será a estratégia de entrega dos laptops para os alunos, que acontecerá a partir do dia 22/03.

Já no dia 17/03 faremos uma reunião pedagógica, na qual a coordenação local terá um espaço para socializar as novidades (são tantas) do PROUCA na E.E.F Padre Theodoro Becker. As novidades em pauta são:

1 - Apresentação do PROUCA para os novos professores
2 - Migração do sistema operacional MetaSys para o NetBuntu 9.10
3 - Site: thebe-uca.webnode.com.br
4 - Normativa Municipal
5 - Formação interna mensal (meio período)
6 - Formação para os pais dos alunos da Educação Infantil ao 1º ano.
7 - Formação técnica para os monitores (100 horas )
8 - Espaço para os professores desenvolverem ou registrarem seus projetos em blogs ou sites.
9 - Estratégia de agendamento de alunos monitores e de formação individual dos professores.
10 - Entrega dos laptops a partir do dia 22/03

Foto: Alguns dos nossos alunos experts em instalação Linux: Danrley, Jefferson, Jean e Gabriel (da esq. para a direita)

(Texto de autoria de Alcino Cesar – professor multiplicador do PROUCA na Thebe)

segunda-feira, 14 de março de 2011

UbuntUCA já está disponível para download

É com grande alegria que anunciamos a disponibilidade da versão, por nós customizada, do Ubuntu Netbook Remix 9.10. Batizamos essa customização com o nome Ubuntuca (Ubuntu + UCA).

A imagem ISO está com um tamanho aproximado de 1 GB. Voltamos a salientar que o Ubuntuca ainda é o mesmo Ubuntu de sempre, porém com algumas das modificações que julgamos necessárias para o uso em sala de aula. Seu procedimento de instalação é o mesmo da instalação do Ubuntu oficial.

Gostaria de enviar um agradecimento especial ao nosso colega André Weber, diretor de TI da Prefeitura de Brusque, por fazer o upload da imagem ISO para o Megaupload e para o 4Shared.

Você pode fazer o download da imagem ISO do Ubuntuca em um destes dois links à seguir:


http://www.4shared.com/file/U2xNp63B/Ubuntuca_final.html


http://www.megaupload.com/?d=Z3KQKKJD


Se você escolher o primeiro link, lhe aparecerá a seguinte tela:

Você deverá clicar em "Download Now" para iniciar o download.

Já, se você escolher o segundo link, deverá abrir a seguinte página:

Espere o contador de segundos chegar ao zero. Então aparecerá o botão onde você deverá clicar para fazer o download da imagem ISO. Clique em "Download Comum":

Deverá aparecer a janela lhe perguntando onde o arquivo deverá ser salvo:




Escolha a opção "Download" e logo em seguida defina a pasta onde o arquivo deverá ser salvo. Quando você clicar em "Salvar", o download iniciará.


O download deverá levar algumas horas para concluir, mesmo com uma internet relativamente rápida. Aconselhamos que uma vez iniciado, ele não seja interrompido. De preferência inicie-o de manhã, para que no fim do dia ele esteja pronto.

Após concluir o download, siga este tutorial http://pro-uca-sc.blogspot.com/2011/03/tutorial-sobre-migracao-dos-laptops-do.html para preparar um pendrive bootável com a imagem ISO do Ubuntuca.

Já este tutorial, http://pro-uca-sc.blogspot.com/2011/03/tutorial-sobre-migracao-dos-laptops-do_04.html, mostra o passo a passo do processo de instalação do Ubuntu Netbook Remix.

Logo postarei o tutorial sobre como você mesmo pode customizar uma imagem ISO do Ubuntu, para deixá-lo de acordo com o seu gosto e necessidades. Porém, estamos abertos à sugestões de melhorias e modificações para o Ubuntuca.

Abraço

domingo, 13 de março de 2011

Grupo ProUCA-SC organiza o trabalho para 2011: a ideia é ampliar o processo de Formação indo um pouco além das diretrizes propostas pelo MEC

Após um começo de ano sem a confirmação da continuidade do trabalho do grupo de formadores e pesquisadores do Programa UCA em Santa Catarina, no final do mês de fevereiro os contatos com as escolas e profissionais envolvidos voltaram a ser feitos de modo mais intenso. Isto porque o novo Governo Federal, reconhecendo a necessidade da continuidade das formações e do processo de implantação do Programa UCA em SC, após um período de indefinição, rearticulou as equipes de trabalho em todos os Estados.

De acordo com as especificidades do Estado de Santa Catarina no encaminhamento do ProUCA, já iniciado no segundo semestre do ano passado, o grupo ProUCA-SC mantém uma proposta de formação e assessoria ao Programa que pretende ampliar o que já foi proposto pelo Ministério da Educação.

No primeiro comunicado feito às escolas, em fevereiro, a coordenação do ProUCA-SC enfatizou a questão da autonomia de cada escola envolvida no Programa, em Santa Catarina. Nesse sentido, além da formação geral proposta pelo MEC, o grupo ProUCA-SC se comprometeu a auxiliar com outros encaminhamentos, dentre os quais:
- implantar um processo de Formação para pessoal específico para o suporte e assessoria técnica de problemas simples e cotidianos;
- auxiliar a produção e seleção de outros materiais de interesse dos professores;
- promover a troca de experiências através da realização de encontros presenciais entre escolas e de vídeos-conferência com os estados e países vizinhos.

Alguns destes encaminhamentos já estão sendo vistos na prática, como o caso da migração do sistema operacional utilizado nos laptop: do MetaSys para o Ubuntu. Outro encaminhamento está sendo o recadastramento dos professores no e-proinfo, atualizando os dados para o ano de 2011. Nesse sentido, foi encaminhado na semana passada aos gestores das escolas envolvidas um comunicado solicitando o envio, até 15 de março, das informações necessárias para o processo de formação destinada a todos os professores e gestores (Direção e Orientação pedagógica) das Escolas UCA.

Além da formação no E-Proinfo, está sendo organizada pelo grupo ProUCA-SC uma proposta de formação e assessoria através de outros espaços, para a partilha e troca de experiências. A proposta inicial é a adoção de grupos e listas de discussões via internet, a realização de uma formação geral e presencial com profissionais das escolas, NTEs e NTMs envolvidos, além de visitas ocasionais às escolas, conforme a necessidade.

A proposta do ProUCA-SC é também continuar com a assessoria para questões técnicas mais gerais. E, neste sentido, a atuação dos profissionais dos núcleos técnológicos do estado e dos municípios é de fundamental importância para a continuidade do processo.

É nossa convicção que os profissionais da educação (junto com o povo de Santa Catarina) não deixarão passar a oportunidade de qualificar seu trabalho e a aprendizagem dos nossos alunos, fazendo o melhor uso possível dos laptops do Programa UCA.

Em breve, estaremos compartilhando os próximos encaminhamentos para o primeiro semestre de 2011. Acompanhem em nosso blog as novidades.

sexta-feira, 11 de março de 2011

Capacitação para os pais das crianças da Educação Infantil da Thebe.

Foto: Criança precisa de nosso carinho e ajuda

Atualmente a E.E.F. Pe. Theodoro Becker atende aproximadamente 440 alunos, regularmente matriculados na Educação Infantil a 8ª série do Ensino Fundamental. Cerca de 100 alunos matriculados tem faixa etária entre 3 e 6 anos de idade.

Com a implantação do Projeto PROUCA, temos uma preocupação e o comprometimento em atender com muita responsabilidade essa faixa etária. Diversos autores, defendem o uso do computador e argumentam da sua eficácia para o desenvolvimento cognitivo do aluno até os 6 anos de idade. LÉVY (1998, p.29) afirma que:

Já no começo do século XXI, as crianças aprenderão a ler e escrever com máquinas editoras de texto. Saberão servir-se dos computadores como ferramentas para produzir sons e imagens. Gerirão seus recursos audiovisuais com o computador, pilotarão robôs... (...) O uso dos computadores no ensino prepara mesmo para uma nova cultura informatizada”

Sabemos que o trabalho dos professores frente a este desafio que o Projeto PROUCA vem proporcionando a todos, tornará os alunos muito familiarizados com os laptops e com todas as suas possibilidades de uso. Porém neste momento surgiu a ideia de trazer os pais dos alunos da Educação Infantil ao 1º ano para que também tenham a oportunidade de uma formação rápida, para que sintam-se incluídos no Projeto PROUCA e motivados à auxiliar, aprender e utilizar juntamente com seus filhos, em suas casas, os laptops.

Sendo assim, iremos oferecer aos pais dos alunos matriculados na Educação Infantil e 1º ano uma formação rápida para sanar eventuais dúvidas de uso do laptop, com o intuito de auxiliar seus filhos, quando o laptop for entregue aos alunos para que sejam levados para suas casas.

O QUE SERÁ APRESENTADO?

1 - Breve apresentação do Projeto PROUCA

2 - Como ligar e desligar o “uquinha”

3 - Acessando os pacotes de jogos pedagógicos do Linux

4 - Alguns exemplos para uso dos pais: Digitar textos, fazer apresentações, planilhas de cálculos, acessar a internet (caso tenha em sua residência)

5 - Carregar a bateria

6 - Assinatura do termo de recebimento do uquinha.

(Texto de autoria do prof. Alcino Cesar)

Reunião com a Equipe do ProUCA da Thebe de Brusque.

Foto: Reunião com a equipe responsável pelo ProUCA na Escola de Brusque

Ontem (10/03), no início da tarde, o prof. Rogério S. Pedroso reuniu-se com os professores Alcino Cesar e Gedimar Pereira, responsáveis pelo ProUCA na Escola Pe. Theodoro Becker. A reunião contou com a presença de dois alunos monitores. Foram tratados os seguintes assuntos:
  • Fazer o levantamento, o mais breve possível, dos dados profissionais do corpo docente de 2011 da escola que irão participar da Formação ProUCA/SC, conforme solicitação da coordenação estadual;
  • O prof. Gedimar está criando uma imagem ISO customizada do Ubuntu Retbook Remix 9.10 (UbuntuUCA). para disponibilizar, via Internet, a comunidade ProUCA;
  • O prof. Cesar está montando uma formação especial para os pais dos alunos da Educação Infantil para os mesmos aprenderem a usar os recursos no "uquinha" (Classmate);
  • Foi apresentado o texto preliminar da Normativa do ProUCA de Brusque para o conhecimento e recebimento de susgestões do representante da coordenação estadual;
  • Formatação do projeto pedagógico para a formação permanente dos alunos monitores e sua certificação;
  • Definição dos detalhes técnicos para criação e edição dos vídeos-depoimentos dos professores, dos alunos monitores e dos responsáveis pelo ProUCA na escola sobre a migração para o Sistema Operacional Ubuntu Netbook - Remix nos Classmates.
Observou-se em todos os participantes uma disposição contagiante em querer ajudar o ProUCA a alcançar o bom êxito na escola. Os professores Cesar e Gedimar, bem com, os monitores estão animados com os resultados da migração do sistema. Segundo o prof. Cesar, a secretaria de educação em parceria com os gestores da escola estão construíndo o conteúdo da Normativa que orientará o ProUCA.

Foto: Alunos monitores , Kener Roger de Carvalho Vieira (de bone) e Jefferson Luiz Zimermann e os professores Gedimar e Alcino Cesar.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Boa notícia: Ubuntuca! O nosso Ubuntu customizado

Gostaríamos de noticiar que nós criamos uma imagem ISO customizada do Ubuntu Retbook Remix 9.10.

Nos próximos dias (provavelmente segunda feira), nós disponibilizaremos essa imagem ISO para download.

O "nosso" Ubuntu, que chamamos carinhosamente de Ubuntuca (Ubuntu + UCA), já vem com o idioma no Português Brasileiro. Além disso, o Ubuntuca já traz todos os codecs para execução de arquivos de multimídia, e mais alguns programas educativos. Também já não possui os programas que julgamos desnecessários para a nossa utilização, como o evolution, bluetooth e demais programas listados no último post.

É importante salientar que, o Ubuntuca, não é um novo sistema operacional, não é uma nova distribuição Linux, nem mesmo um fork do Ubuntu oficial. O Ubuntuca, continua sendo o mesmo Ubuntu, porém com as devidas modificações que julgamos necessárias, e que seriam feitas no Ubuntu após a instalação do sistema.

Recomendamos o download e o uso do Ubuntuca, pois ele poupará bastante tempo no processo de migração de sistema operacional em todas as escolas que possuem o Projeto UCA.

Caso você prefira utilizar o Ubuntuca, não precisará fazer quase nenhuma configuração extra no pós-instalação, pois o Ubuntuca já vem pronto para utilização (no máximo será necessário instalar a tradução do Firefox. Procedimento este, que pode ser feitos com dois ou três cliques).

Pedimos um pouquinho de paciência a todos os Professores Multiplicadores, que com certeza devem estar ansiosos para a migração, pois “valerá a pena” esperar até segunda-feira. Assim que a imagem ISO do Ubuntuca estiver disponível para download nós colocaremos o link aqui no blog do Pro-UCA e no site do ESPIN (http://semebrusque.com.br/espin/joomla).

Abraço

Configurações pós-instalação do Ubuntu

O Ubuntu, tal como vem em sua instalação padrão, ainda não está pronto para atender às necessidades dos alunos, dos professores e demais usuários. Falta-lhe ainda, muitos aplicativos e codecs necessários para rodar arquivos de multimídia. Essa é uma característica advinda da ideologia sobre a qual o Ubuntu é construído. O Ubuntu, traz em seu CD de instalação, apenas softwares livres, desse modo, não é possível que o mesmo ofereça aplicativos como o Flash Player (fornecido pela Adobe, e que não é software livre), por exemplo, que é responsável por fazer com que o usuário possa assistir alguns tipos de vídeos como os do youtube.

Mas não é só na questão de multimídia que o Ubuntu ainda é “cru” em sua instalação padrão. Falta-lhe um bom kit de jogos e programas educativos, sua interface gráfica e seus programas não estão totalmente traduzidos para o português... Em contrapartida existem alguns aplicativos de sua instalação padrão que geralmente não são usados pelo perfil de usuário que o Pro-UCA beneficia. Assim sendo, para deixar o Ubuntu totalmente usável para a sala de aula, faz-se necessário realizar algumas modificações no sistema recém-instalado. Neste tutorial, nós fazemos algumas sugestões, baseadas na experiência e no conhecimento que adquirimos sobre o Ubuntu e Software Livre ao longo dos anos. Sinta-se livre para seguir nossas orientações, ou adaptá-las de acordo com a sua realidade. O mais importante é fazer essas alterações em apenas um laptop e logo após, salvar os arquivos baixados da internet através deste laptop e usá-los para fazer as mesmas modificações nos demais laptops, de modo que seja possível poupar tempo e banda da conexão à internet.

Fazendo as modificações no 1º laptop

Pacotes a serem retirados.

Antes de tudo é recomendável retirar alguns pacotes que forem julgados desnecessários, pois isso já abre bastante espaço na pequena mídia de armazenamento que os laptops do UCA trazem.

A nossa sugestão de pacotes que podem ser removidos são os seguintes:

Evolution: gerenciador de e-mails. É um software que consome muita banda de internet. Além disso seu tamanho é muito grande para a tela do laptop do UCA. Para remover o Evolution por completo do Ubuntu é necessário remover os pacotes evolution e evolution-common. No terminal usa-se o comando:

sudo apt-get remove evolution evolution-common

Bluetooth: É um software para gerenciamento de bluetooth, porém os laptops UCA não possuem bluetooth, logo este software se torna desnecessário:

sudo apt-get remove bluetooth

Tomboy: um programinha simples para anotações.

sudo apt-get remove tomboy

Empathy: o Empathy é um software para comunicação instantânea (cliente do protocolo MSN). Dependendo das orientações da escola a respeito do uso de softwares para essa finalidade, o Empathy pode ser simplesmente removido. Ou pode ser substituído pelo Emesene, que é um comunicador instantâneo mais simples de usar e com uma funcionalidade melhor:

sudo apt-get remove empathy

Transmission: O transmission é um programa que gerencia downloads via torrent. Também não servirá para as nossas finalidades pedagógicas, pois a nossa escola não possui uma internet rápida o suficiente para usar esse tipo de programa, sem prejudicar o funcionamento da rede da escola.

sudo apt-get remove transmission-gtk transmission-common

F-spot: O F-spot é um gerenciador de imagens. Mas o Ubuntu já possui um outro programa que pode fazer isso, é o Eye, que serve para vizualização de todo tipo de imagens.

sudo apt-get remove f-spot

Rhythmbox: um tocador de músicas com mais de 10 Mb de tamanho em disco. Nós optamos por removê-lo pelo fato de o Ubuntu já possuir um outro player capaz de reproduzir músicas e vídeos, que é o Totem.

sudo apt-get remove rhythmbox

Programas à serem adicionados

Agora, chegou a hora de instalar mais alguns programas utilitários e educativos.

Gcompris: O Gcompris é uma excelente suíte de jogos educativos, voltados principalmente para a educação infantil e séries iniciais. Para instalá-lo:

sudo apt-get install gcompris

Tuxpaint: um programa simples para desenhar. O Tuxpaint traz uma coleção de carimbos prontos para o uso da criança. Também é voltado para séries iniciais e educação infantil.

sudo apt-get install tuxpaint

Emesene: um mensageiro instantâneo mais simples e muito similar ao Windows Live Messenger.

sudo apt-get install emesene

Tuxmath: um joguinho simples, que tem a matemática como tema.

sudo apt-get install tuxmath


Instalação de programas e pacotes multimídia.

Esta, acreditamos ser uma parte do artigo que deve ser seguida à risca. Pois ela lhe ajudará a instalar no Ubuntu, todos os programas e codecs necessários para rodar todo o tipo de arquivo multimídia, desde um simples mp3 até vídeos encriptados. Por isso qualquer programa que for retirado dessa lista, pode vir a fazer falta mais cedo ou mais tarde. Portanto, para evitar futuros desgastes, recomendamos que você instale todos os pacotes listados a seguir:

faac faad ffmpeg ffmpeg2theora flac gxine icedax id3v2 lame libdvdcss2 libflac++6 libjpeg-progs libmpeg3-1 libxine1-ffmpeg libxine1-plugins mencoder mjpegtools mp3gain mpeg2dec mpeg3-utils mpegdemux mpg123 mpg321 nautilus-script-audio-convert regionset soundconverter sox totem-xine ubuntu-restricted-extras uudeview vlc vorbis-tools x264 arj lha p7zip p7zip-full p7zip-rar rar unace-nonfree sun-java6-jre sun-java6-plugin w32codecs

Para instalar todos esses programas de uma só vez, execute os seguintes comandos:

sudo su

(digite sua senha)

(com o comando “sudo su”, você estará se autenticando como administrador do sistema, também conhecido como root ou super-usuário)

Agora execute o comando para a instalação dos programas:

apt-get update && add-apt-repository "deb http://archive.canonical.com/ karmic partner" && apt-get update && wget --output-document=/etc/apt/sources.list.d/medibuntu.list http://www.medibuntu.org/sources.list.d/$(lsb_release -cs).list && apt-get --quiet update && apt-get --yes --quiet --allow-unauthenticated install medibuntu-keyring && apt-get --quiet update && apt-get -y install faac faad ffmpeg ffmpeg2theora flac gxine icedax id3v2 lame libdvdcss2 libflac++6 libjpeg-progs libmpeg3-1 libxine1-ffmpeg libxine1-plugins mencoder mjpegtools mp3gain mpeg2dec mpeg3-utils mpegdemux mpg123 mpg321 nautilus-script-audio-convert regionset soundconverter sox totem-xine ubuntu-restricted-extras uudeview vlc vorbis-tools x264 arj lha p7zip p7zip-full p7zip-rar rar unace-nonfree sun-java6-jre sun-java6-plugin w32codecs


Fazendo todas as alterações indicadas acima de uma só vez

Se você quiser seguir nossas orientações à risca, isto é, remover e instalar todos os aplicativos que sugerimos acima, tudo de uma vez só, faça a autenticação como root e execute o seguinte comando (não se esqueça de estar conectado à internet):

apt-get update && add-apt-repository "deb http://archive.canonical.com/ karmic partner" ; apt-get update && wget --output-document=/etc/apt/sources.list.d/medibuntu.list http://www.medibuntu.org/sources.list.d/$(lsb_release -cs).list && apt-get --quiet update && apt-get --yes --quiet --allow-unauthenticated install medibuntu-keyring && apt-get --quiet update && apt-get -y remove evolution evolution-common bluetooth tomboy empathy transmission-gtk transmission-common f-spot rhythmbox && apt-get -y install faac faad ffmpeg ffmpeg2theora flac gxine icedax id3v2 lame libdvdcss2 libflac++6 libjpeg-progs libmpeg3-1 libxine1-ffmpeg libxine1-plugins mencoder mjpegtools mp3gain mpeg2dec mpeg3-utils mpegdemux mpg123 mpg321 nautilus-script-audio-convert regionset soundconverter sox totem-xine ubuntu-restricted-extras uudeview vlc vorbis-tools x264 arj lha p7zip p7zip-full p7zip-rar rar unace-nonfree sun-java6-jre sun-java6-plugin w32codecs


Este único comando fará para você, todas as modificações que sugerimos acima! (isto é Ubuntu... isto é Linux... é Software Livre!)



Agora é hora de instalar o plugin Flash Player, para isso você precisa acessar este link:


Salve o arquivo, em uma pasta. Quando o download terminar, vá até a pasta onde o arquivo foi salvo. Dê dois cliques em cima do pacote “install_flash_player_10_linux.deb”. Abrirá um programa que irá instalar o Flash Player para você.

Feitos todos esses procedimentos, o Ubuntu Netbook Remix já estará perfeitamente usável. A partir daí, você pode fazer mais algumas instalações ou remoções de programas que lhe forem convenientes.

No próximo post, explicarei como você pode salvar os instaladores dos programas instalados em um laptop, e usá-los para instalar os mesmos programas nos outros laptops, o que lhe poupará um tempo precioso.

Até mais